Antony e Gabriel – Cachacity

Antony e Gabriel - Cachacity

Antony e Gabriel – Cachacity

Letra:

Minha cidade tá muito parada
Já proibiram o som até de madrugada
Tô entediado sem lugar pra ir
Eu querendo festar e a cidade quer dormir

Quem me dera, se essa cidade fosse minha
Eu ia decretar o meu buteco, minha vida
E dali pra frente
Nunca não faltaria pinga

Vem pra Cachacity
Beber sem limite
Vai ter bolsa cerveja
Moda sertaneja, pinga de alambique

Vem pra Cachacity, vem

Minha cidade tá muito parada
Já proibiram o som até de madrugada
Tô entediado sem lugar pra ir
Eu querendo festar e a cidade quer dormir

Quem me dera, se essa cidade fosse minha
Eu ia decretar o meu buteco, minha vida
E dali pra frente
Nunca não faltaria pinga

Vem pra Cachacity
Beber sem limite
Vai ter bolsa cerveja
Moda sertaneja, pinga de alambique

Vem pra Cachacity, vem

Minha cidade tá muito parada
Já proibiram o som até de madrugada
Tô entediado sem lugar pra ir
Eu querendo festar e a cidade quer dormir

Quem me dera, se essa cidade fosse minha
Eu ia decretar o meu buteco, minha vida
E dali pra frente
Nunca não faltaria pinga

Vem pra Cachacity
Beber sem limite
Vai ter bolsa cerveja
Moda sertaneja, pinga de alambique

Vem pra Cachacity, vem

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here