Bruna Viola – Derramando Saudade

Bruna Viola - Derramando Saudade

Bruna Viola – Derramando Saudade

Letra:

Hoje a noite caiu derramando saudade
Minha viola não quer nem mesmo afinar
A voz não sai e no peito a tristeza invade
Tenho que achar algum jeito de te encontrar

Juro vou ao fim do mundo só pra te dizer
Que pelas estradas da vida eu penso em você
Faço o que for preciso pra pode estar
Ao lado seu a toda hora em todo lugar

A viola é que me ampara na ausência tua
É com ela que eu me distraio por esse pais
Em cada canto que eu paro sentimento muda
Quanto mais longe maior é a saudade sua

Seja no céu ou no asfalto vou seguindo a vida
Levando alegria a todos que gostam de ouvir
A minha voz e os meus dedos ponteando o aço
Pode pedir qualquer coisa por você que eu faço

Cada cidade que passo eu vejo você
Seja na coisa mais simples de se perceber
Esse amor tão distante é que me invade
Hoje a noite caiu derramando saudade

Hoje a noite caiu derramando saudade
Minha viola não quer nem mesmo afinar
A voz não sai e no peito a tristeza invade
Tenho que achar algum jeito de te encontrar

Juro vou ao fim do mundo só pra te dizer
Que pelas estradas da vida eu penso em você
Faço o que for preciso pra pode estar
Ao lado seu a toda hora em todo lugar

A viola é que me ampara na ausência tua
É com ela que eu me distraio por esse pais
Em cada canto que eu paro sentimento muda
Quanto mais longe maior é a saudade sua

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here