Bruno e Barretto – A mesma burrice

Bruno e Barretto - A mesma burrice

Bruno e Barretto – A mesma burrice

Letra:

Eu não acreditei quando disse
Que não me aceitaria outra vez
Se acontecesse a mesma burrice
Te deixar esperando até depois das
Seis da manhã, eu que envenenei a maçã
Fiz tudo sem pensar que podia ir embora
Eu errei com nós dois sem pensar no depois
E agora o sol não vai mais aquecer
Sei que o dia não tem mais você

E agora quem chora sou eu
E agora quem sofre sou eu
O meu coração ta partido depois
Dessa surra que você me deu
E agora não to nada bem
Sem você já não sou ninguém
Foi duro sair pela rua
E ver sua boca beijando outro alguém

Eu não acreditei quando disse
Que não me aceitaria outra vez
Se acontecesse a mesma burrice
Te deixar esperando até depois das
Seis da manhã, eu que envenenei a maçã
Fiz tudo sem pensar que podia ir embora
Eu errei com nós dois sem pensar no depois
E agora o sol não vai mais aquecer
Sei que o dia não tem mais você

E agora quem chora sou eu
E agora quem sofre sou eu
O meu coração ta partido depois
Dessa surra que você me deu
E agora não to nada bem
Sem você já não sou ninguém
Foi duro sair pela rua
E ver sua boca beijando outro alguém

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here