Conrado e Aleksandro – Avanço No Vermelho (O Jogo Virou)

Conrado e Aleksandro - Avanço No Vermelho (O Jogo Virou)

Conrado e Aleksandro – Avanço No Vermelho (O Jogo Virou)

Letra:

O farol ta verde e eu não quero andar
Olhando pro nada, tento não chorar
Me agarro ao volante, não sou mais o que eu era antes
Eu que nunca fui aquele cara derretido
Ao invés de amor mocinho, eu era o amor bandido
O jogo virou e agora mesmo o sinal fechou
Avanço no vermelho, ligando pro amigo
Aviso que já to chegando
Ele acha estranho, o tom da minha voz
Pergunta se eu to chorando

To to to chorando ela me deixou to
Aquela desgramada foi embora
Bem que aquele dia você me avisou
E agora eu to to, to querendo resolver na marra
Desce uma Ciroc de garrafa
Avisa la em casa que eu não vou chega, porque eu to

O farol ta verde e eu não quero andar
Olhando pro nada, tento não chorar
Me agarro ao volante, não sou mais o que eu era antes
Eu que nunca fui aquele cara derretido
Ao invés de amor mocinho, eu era o amor bandido
O jogo virou e agora mesmo o sinal fechou
Avanço no vermelho, ligando pro amigo
Aviso que já to chegando
Ele acha estranho, o tom da minha voz
Pergunta se eu to chorando

To to to chorando ela me deixou to
Aquela desgramada foi embora
Bem que aquele dia você me avisou
E agora eu to to, to querendo resolver na marra
Desce uma Ciroc de garrafa
Avisa la em casa que eu não vou chega, porque eu to

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here