Conrado e Aleksandro – Prova de Fogo

Conrado e Aleksandro - Prova de Fogo

Conrado e Aleksandro – Prova de Fogo

Letra:

Você vive me metralhando
Com suas palavras
E eu indefeso feito um anjo sem asas
Me tira desse cativeiro
Hoje eu chorei o dia inteiro

Tanta intriga
Nós vivemos num campo minado de brigas
Você tão orgulhosa e eu perdendo a vida
Vivo pra declarar amor
Você vive fazendo guerra

Meu coração não é à prova de fogo
Tomei bala de novo
To pedindo socorro
Lágrimas no meu rosto
Cicatrizes no corpo

Meu coração não é à prova de fogo
Sou seu refém de novo
Alguém manda reforço
Lagrimas no meu rosto
Meus joelhos no chão
Mas não me rendo, eu não me rendo
Eu não me rendo não

Você vive me metralhando
Com suas palavras
E eu indefeso feito um anjo sem asas
Me tira desse cativeiro
Hoje eu chorei o dia inteiro

Tanta intriga
Nós vivemos num campo minado de brigas
Você tão orgulhosa e eu perdendo a vida
Vivo pra declarar amor
Você vive fazendo guerra

Meu coração não é à prova de fogo
Tomei bala de novo
To pedindo socorro
Lágrimas no meu rosto
Cicatrizes no corpo

Meu coração não é à prova de fogo
Sou seu refém de novo
Alguém manda reforço
Lagrimas no meu rosto
Meus joelhos no chão
Mas não me rendo, eu não me rendo
Eu não me rendo não

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here