Diego e Victor Hugo – Entregador de Flor

Diego e Victor Hugo - Entregador de Flor

Diego e Victor Hugo – Entregador de Flor

Letra:

Vai lá, entregador de flor
Dar assistência pra isso
Que eu e ela ‘tá chamando de amor
(Eu ia lá, ‘tá chamando de amor)
Meu coração se acostumou
Que de sete em sete dias eu mando um novo
Porque o outro murchou
Pra não dar tempo dela me esquecer
Toda semana eu mando um buquê
Vou te encher de flor minha flor
Vou te encher de beijos de amor
Quero ver ‘cê reclamar
Quero ver ‘cê não me amar
Vou te encher de flor minha flor
Vou te encher de beijos de amor
Quero ver ‘cê reclamar
Quero ver ‘cê não me amar
Vou te encher de flor
Eu vou
Vai lá, entregador de flor
Dar assistência pra isso
Que eu e ela ‘tá chamando de amor
(Eu ia lá, ‘tá chamando de amor)
Meu coração se acostumou
Que de sete em sete dias eu mando um novo
Porque o outro murchou
Pra não dar tempo dela me esquecer
Toda semana eu mando um buquê
Eu vou te encher de flor minha flor
Vou te encher de beijos de amor
Quero ver ‘cê reclamar
Quero ver ‘cê não me amar
Vou te encher de flor minha flor
Vou te encher de beijos de amor
Quero ver ‘cê reclamar
Quero ver ‘cê não me amar
Vou te encher de flor minha flor
Vou te encher de beijos de amor
Quero ver ‘cê reclamar
Quero ver ‘cê não me amar
Vou te encher de flor
Eu vou
Vou te encher de flor
Eu vou