Fernando e Sorocaba Part. Rionegro e Solimões – O Som Do Silêncio O Som do Silêncio

Fernando e Sorocaba Part. Rionegro e Solimões - O Som Do Silêncio O Som do Silêncio

Fernando e Sorocaba Part. Rionegro e Solimões – O Som Do Silêncio O Som do Silêncio

Letra:

Estrelas, a lua
Cheiro de mato
Vagalumes, brisa pura
Sozinhos, parados
Sem movimento, loucos hipnotizados

Quando um amor chega
Não diz a hora nem o lugar
Vai te encontrar
E você perde as palavras
Não tem como explicar

O som do silêncio
Despertou meu coração
Ai, ai, ai, o silêncio
Me mostrou que pra paixão
Basta só um olhar
Ai, ai, ai, um olhar

Estrelas, a lua
Cheiro de mato
Vagalumes, brisa pura
Sozinhos, parados
Sem movimento, loucos hipnotizados

Quando um amor chega
Não diz a hora nem o lugar
Vai te encontrar
E você perde as palavras
Não tem como explicar

O som do silêncio
Despertou meu coração
Ai, ai, ai, o silêncio
Me mostrou que pra paixão
Basta só um olhar
Ai, ai, ai, um olhar

Estrelas, a lua
Cheiro de mato
Vagalumes, brisa pura
Sozinhos, parados
Sem movimento, loucos hipnotizados

Quando um amor chega
Não diz a hora nem o lugar
Vai te encontrar
E você perde as palavras
Não tem como explicar

O som do silêncio
Despertou meu coração
Ai, ai, ai, o silêncio
Me mostrou que pra paixão
Basta só um olhar
Ai, ai, ai, um olhar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here