Gino e Geno – Eu Também Sou Gente

Gino e Geno - Eu Também Sou Gente

Gino e Geno – Eu Também Sou Gente

Letra:

No braço desta viola
Meu peito chora apaixonado
O fogo de uma paixão
Meu coração tá desesperado

É triste viver no mundo
Amando e não ser amado
Eu não sou um vagabundo
Sei que sou um pobre coitado

Eu também sou gente
Sou filho de Deus
Não sou diferente
Dos amigos meus

Eu também sou gente
Sou homem comum
Não encontro amor
Que me dê valor
De jeito nenhum

Pra viver sofrendo assim
O meu triste fim já está pertinho
Sei que não vou encontrar
Alguém para amar, vou morrer sozinho

Eu ainda não conheço
O que é a felicidade
É só a dor da saudade
Em meu peito fez um ninho

Eu também sou gente
Sou filho de Deus
Não sou diferente
Dos amigos meus

Eu também sou gente
Sou homem comum
Não encontro amor
Que me dê valor
De jeito nenhum

No braço desta viola
Meu peito chora apaixonado
O fogo de uma paixão
Meu coração tá desesperado

É triste viver no mundo
Amando e não ser amado
Eu não sou um vagabundo
Sei que sou um pobre coitado

Eu também sou gente
Sou filho de Deus
Não sou diferente
Dos amigos meus

Eu também sou gente
Sou homem comum
Não encontro amor
Que me dê valor
De jeito nenhum

Pra viver sofrendo assim
O meu triste fim já está pertinho
Sei que não vou encontrar
Alguém para amar, vou morrer sozinho

Eu ainda não conheço
O que é a felicidade
É só a dor da saudade
Em meu peito fez um ninho

Eu também sou gente
Sou filho de Deus

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here