João Bosco e Vinícius – Pagode em Brasília – Pagode – Falou e Disse

João Bosco e Vinícius - Pagode em Brasília - Pagode - Falou e Disse

João Bosco e Vinícius – Pagode em Brasília – Pagode – Falou e Disse

DOWNLOAD

Letra:

Quem tem mulher que namora
Quem tem burro empacador
Quem tem a roça no mato me chame
Que jeito eu dou
Eu tiro a roça do mato sua lavoura melhora
E o burro empacador eu corto ele na espora
E a mulher namoradeira, eu passo o coro e mando embora

Tem prisioneiro inocente no fundo de uma prisão
Tem muita sogra encrenqueira e tem violeiro embrulhão
Pro prisioneiro inocente eu arranjo advogado
E pra sogra encrenqueira eu dou de laço dobrado
E o violeiro embrulhão, com meus versos estão quebrados

Morena bonita dos dente aberto
Vai no pagode o barulho é certo
Não me namore tão descoberto
Que eu casado, mas não sou certo

Modelos de agora é tudo esquisito
Essas mocinhas dos cambitos
Com as canelas fina que nem palmito
As moças de hoje eu não facilito

Eu mais a minha muié fizemos a combinação
Eu vou no pagode ela não vai não
Sábado passado eu fui ela ficou
Sábado que vem ela fica e eu vou

Gavião da minha foice
Não pega pinto
Também a mão de pilão
Não joga peteca
O cabo da minha enxada
Não tem divisa
As meninas dos meus olhos
Não tem boneca

A bala do meu revólver
Não tem açúcar
No cano da carabina
Não vai torneira
A porca do parafuso
Nunca deu cria
Na casa do joão de barro
Não tem goteira.

Mulher toma sua linha
Eu sou seu marido
Tô vendo que você quer
Cair na gandaia
Você já não usa mais vestido cumprido
Só quer sair pelas ruas de minissaia

Mulher toma sua linha
Eu sou seu marido
Tô vendo que você quer
Cair na gandaia
Você já não usa mais vestido cumprido
Só quer sair pelas ruas de minissaia

Este corpo bronzeado me dá ciúme

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here