Lucas e Lotto – Trem da Vida

Lucas e Lotto - Trem da Vida

Lucas e Lotto – Trem da Vida

DOWNLOAD

Letra:

Ah se não fosse o bar
Não teria motivos pra eu bater de novo lá na sua porta
Não teria deixado o salário do mês na vendinha do Joca
Não seria a vigésima vez que eu dormia jogado no chão
Em frente ao seu portão

Me disseram que o nosso cachorro Tequinho morreu
No jardim todas flores plantadas desapareceu
E com elas sumiu o sossego do meu coração
Se o Diabo amassou juro foi eu quem comeu o pão

Eu to sofrendo pra caramba
Desandado pra caramba
Longe de você desgrama
O trem da vida não anda

Eu preso dentro de um vagão
Amando, sofrendo, chorando
Ele não sai da estação
Parado já faz quase um ano

Ah se não fosse o bar
Não teria motivos pra eu bater de novo lá na sua porta
Não teria deixado o salário do mês na vendinha do Joca
Não seria a vigésima vez que eu dormia jogado no chão
Em frente ao seu portão

Me disseram que o nosso cachorro Tequinho morreu
No jardim todas flores plantadas desapareceu
E com elas sumiu o sossego do meu coração
Se o Diabo amassou juro foi eu quem comeu o pão

Eu to sofrendo pra caramba
Desandado pra caramba
Longe de você desgrama
O trem da vida não anda

Eu preso dentro de um vagão
Amando, sofrendo, chorando
Ele não sai da estação
Parado já faz quase um ano

Deixe seu comentário