Marcelo e Ryan – Aô Disgrama

Marcelo e Ryan - Aô Disgrama

Marcelo e Ryan – Aô Disgrama

Letra:

Bateu aquela saudade
Que só dá pra aguentar
Metendo pinga no gargalo

Daquelas que deixa
O caboclo desnorteado
Eu saio pelas ruas
Querendo capotar
O meu carro na curva

Não tem saída
Quando eu percebo já tô na bebida
Encosto no primeiro butiquim
Desce uma pra mim
Que hoje a saudade vai durar
Ela resolveu me atazanar

E o coração chora por ela
E é por ela que ele chama
Aô disgrama
Aô disgrama

E se eu cair nesse buteco
O chão vai ser minha cama
Aô disgrama
Aô disgrama

Bateu aquela saudade
Que só dá pra aguentar
Metendo pinga no gargalo

Daquelas que deixa
O caboclo desnorteado
Eu saio pelas ruas
Querendo capotar
O meu carro na curva

Não tem saída
Quando eu percebo já tô na bebida
Encosto no primeiro butiquim
Desce uma pra mim
Que hoje a saudade vai durar
Ela resolveu me atazanar

E o coração chora por ela
E é por ela que ele chama
Aô disgrama
Aô disgrama

E se eu cair nesse buteco
O chão vai ser minha cama
Aô disgrama
Aô disgrama

Bateu aquela saudade
Que só dá pra aguentar
Metendo pinga no gargalo

Daquelas que deixa
O caboclo desnorteado
Eu saio pelas ruas
Querendo capotar
O meu carro na curva

Não tem saída
Quando eu percebo já tô na bebida
Encosto no primeiro butiquim
Desce uma pra mim
Que hoje a saudade vai durar
Ela resolveu me atazanar

E o coração chora por ela
E é por ela que ele chama
Aô disgrama
Aô disgrama

E se eu cair nesse buteco
O chão vai ser minha cama
Aô disgrama
Aô disgrama

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here