Marquinho Guerra – Bilhete

Marquinho Guerra - Bilhete

Marquinho Guerra – Bilhete

Letra:

Tô dando um tempo aqui no bar
Até a poeira abaixar
Eu vacilei, e sei que to errado
Daqui uma hora eu volto lá sei que ela vai me perdoar
É sempre assim, to mal acostumado
É que ela não resiste, se eu peço com jeito
Um beijo no pescoço e eu já quebro o gelo
Mas dessa vez foi diferente
A briga de ontem, foi a ultima da gente
Que desespero é esse, em cima da cama eu vi o seu bilhete
Já fui encostando logo na parede
Quando eu vi a frase que falava:
Oh Baby! Te amo, mas não posso mais te perdoar
Ah, Ah
Que desespero é esse, em cima da cama eu vi o seu bilhete
Já fui encostando logo na parede
Quando eu vi a frase que falava:
Oh Baby! Te amo, mas não posso mais te perdoar