Paula Mattos – Orfanato

Paula Mattos - Orfanato

Paula Mattos – Orfanato

Letra:

Tinha que ser
Pode parecer mais uma história triste
Mas tinha que ser
Alguém lá de cima já sabia
O quanto eu ia sofrer
E me trouxe você
Pra ensinar o que sozinha nesse mundo
Eu não ia aprender
E cada fase da minha vida
Tem um pouco de você
Quando eu precisei de colo você tava lá
Eu tinha tanto medo de alguém te buscar
E nos separar
Eu só pedia pro tempo parar e parar e parar

Naquele lugar
E 25 anos se passaram
Que os nosso caminhos se cruzaram
E hoje eu vejo os nosso filhos
E todo esse amor que construímos
E 25 anos se passaram
E o destino não estava errado
Ao nos colocar, em duas caixinhas de sapatos
No portão daquele orfanato

Tinha que ser
Pode parecer mais uma história triste
Mas tinha que ser
Alguém lá de cima já sabia
O quanto eu ia sofrer
E me trouxe você
Pra ensinar o que sozinha nesse mundo
Eu não ia aprender
E cada fase da minha vida
Tem um pouco de você
Quando eu precisei de colo você tava lá
Eu tinha tanto medo de alguém te buscar
E nos separar
Eu só pedia pro tempo parar e parar e parar

Naquele lugar
E 25 anos se passaram
Que os nosso caminhos se cruzaram
E hoje eu vejo os nosso filhos
E todo esse amor que construímos
E 25 anos se passaram
E o destino não estava errado
Ao nos colocar, em duas caixinhas de sapatos
No portão daquele orfanato

E hoje eu vejo os nosso filhos
E todo esse amor que construímos
E 25 anos se passaram
E o destino não estava errado
Ao nos colocar, em duas caixinhas de sapatos
No portão daquele orfanato

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here