Paulo e Cabral Part. Conrado e Aleksandro – Ei Coração

Paulo e Cabral Part. Conrado e Aleksandro - Ei Coração

Paulo e Cabral Part. Conrado e Aleksandro – Ei Coração

Letra:

Ei Coração!
Não foi você quem disse que era o bruto
Que aguentava firme
Que era matuto
E agora tá jogado pelo chão
Cê foi avisado bobão

Ei Coração
Cê disse que pro amor já era vacinado
E acabou sendo envenenado
Eu te avisei que ia dar confusão
Cê foi avisado bobão

Viu, eu vivo no boteco pra beber
E a dor eu vou tentando reparar
O fígado que sofre por você
Eu peço pro garçom me carregar

Eu vivo no boteco pra beber
E a dor eu vou tentando reparar
O fígado que sofre por você
Eu peço pro garçom me carregar

Ei Coração!
Não foi você quem disse que era o bruto
Que aguentava firme
Que era matuto
E agora tá jogado pelo chão
Cê foi avisado bobão

Ei Coração
Cê disse que pro amor já era vacinado
E acabou sendo envenenado
Eu te avisei que ia dar confusão
Cê foi avisado bobão

Viu, eu vivo no boteco pra beber
E a dor eu vou tentando reparar
O fígado que sofre por você
Eu peço pro garçom me carregar

Eu vivo no boteco pra beber
E a dor eu vou tentando reparar
O fígado que sofre por você
Eu peço pro garçom me carregar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here