Conrado e Aleksandro – Barzinho Mequetrefe

Conrado e Aleksandro - Barzinho Mequetrefe

Conrado e Aleksandro – Barzinho Mequetrefe

Letra:

“Tô” num barzinho mequetrefe
Na esquina da sua casa
Passa tudo nessa rua
Só você não passa

Meu amor da madrugada
Com quem você tá enturmada

Eu aqui todo empolgado falando da gente
Alguém lá no fundo gritou
Sabe de nada inocente

E por aqui o sofrimento tá padrão
Com a foto dela no fundo de tela
E o copo na mão

Aí ela chegou com um novo amor
Aí ela enfiou a faca e girou

Tive sorte que eu “tava” no álcool
E ele cicatrizou

Aí ela chegou com um novo amor
Aí ela enfiou a faca e girou

Tive sorte que eu “tava” no álcool
E ele cicatrizou