Conrado e Aleksandro – Zero a Esquerda

Conrado e Aleksandro - Zero a Esquerda

Conrado e Aleksandro – Zero a Esquerda

Letra:

Tentei ser na sua vida o número um
Esforços não poupei
Vontade era abraçar quando te via passar
Mas não te abracei

Diversas formas criei pra tentar te convencer
Mas não convenci
No meu mundo eu criei
O contrário eu busquei
Pra te ver feliz

E o olha o tanto que eu sofri
O tanto que bebi
Fiquei tonto, passei mal
Caído por aí

O tanto que eu chorei
O tanto que eu gastei
Tentando ser o número um
Um zero à esquerda me tornei

E o olha o tanto que eu sofri
O tanto que bebi
Fiquei tonto, passei mal
Caído por aí

O tanto que eu chorei
O tanto que eu gastei
Tentando ser o número um

Um zero à esquerda eu virei