Rionegro e Solimões – Festa de Patrão

Rionegro e Solimões - Festa de Patrão

Rionegro e Solimões – Festa de Patrão

Letra:

Bebida à vontade, picanha no espeto
Voltar pra casa hoje eu não prometo
Vai ter moda boa, muita pegação
Segure a onda que hoje a festa é de patrão

Tá chegando uma galera, mulherada de primeira
Todo mundo tá sabendo que a festa vai ser doidera
Tá bombando na internet o esquema combinado
No meio da madrugada o povo vai nadar pelado

O mundo tá do avesso, Eu tenho que concordar
Mas não fui eu quem virou, Deixa o bicho pegar

Bebida à vontade, picanha no espeto
Voltar pra casa hoje eu não prometo
Vai ter moda boa, muita pegação
Segure a onda que hoje a festa é de patrão
Vai ter moda boa, muita pegação
Segure a onda que hoje a festa é de patrão

Segure a onda que hoje a festa é de patrão
Segure a onda que hoje a festa é de patrão

Tá chegando uma galera mulherada de primeira
Todo mundo tá sabendo que a festa vai ser doidera
Tá bombando na internet o esquema combinado
No meio da madrugada o povo vai nadar pelado

O mundo tá do avesso, Eu tenho que concordar
Mas não fui eu quem virou, Deixa o bicho pegar

Bebida à vontade, picanha no espeto
Voltar pra casa hoje eu não prometo
Vai ter moda boa, muita pegação
Segure a onda que hoje a festa é de patrão

Bebida à vontade, picanha no espeto
Voltar pra casa hoje eu não prometo
Vai ter moda boa, muita pegação
Segure a onda que hoje a festa é de patrão

Vai ter moda boa, muita pegação
Segure a onda que hoje a festa é de patrão

Segure a onda que hoje a festa é de patrão
Segure a onda que hoje a festa é de patrão
Segure a onda que hoje a festa
é de patrão

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here