Sandro e Cícero – Briga Temporária

Sandro e Cícero - Briga Temporária

Sandro e Cícero – Briga Temporária

Letra:

A nossa briga é temporária
Depois que briga dá risada
E eu não tenho vergonha na cara
Se você xinga, eu te beijo

E eu vou pra cima de você
Tiro minha roupa bem depressa pra fazer
Um love love bom
Um amor sem noção
Que você vai tremer

E aquela mordidinha na sua boca?
Ai, louca! Ai, louca!
Peguei você mordendo meu pescoço
Tá louco! Tá louco!

A nossa briga é temporária
Depois que briga dá risada
E eu não tenho vergonha na cara
Se você xinga, eu te beijo

E eu vou pra cima de você
Tiro minha roupa bem depressa pra fazer
Um love love bom
Um amor sem noção
Que você vai tremer

E aquela mordidinha na sua boca?
Ai, louca! Ai, louca!
Peguei você mordendo meu pescoço
Tá louco! Tá louco!

A nossa briga é temporária
Depois que briga dá risada
E eu não tenho vergonha na cara
Se você xinga, eu te beijo

E eu vou pra cima de você
Tiro minha roupa bem depressa pra fazer
Um love love bom
Um amor sem noção
Que você vai tremer

E aquela mordidinha na sua boca?
Ai, louca! Ai, louca!
Peguei você mordendo meu pescoço
Tá louco! Tá louco!

A nossa briga é temporária
Depois que briga dá risada
E eu não tenho vergonha na cara
Se você xinga, eu te beijo

E eu vou pra cima de você
Tiro minha roupa bem depressa pra fazer
Um love love bom
Um amor sem noção
Que você vai tremer

E aquela mordidinha na sua boca?
Ai, louca! Ai, louca!
Peguei você mordendo meu pescoço
Tá louco! Tá louco!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here