Simone e Simaria – Legítima Defesa

Simone e Simaria - Legítima Defesa

Simone e Simaria – Legítima Defesa

Letra:

Quem pensa que mulher não enche a cara
E que não sabe o que estou passando
Mas senta que a história é longa
Pede um copo e bebe enquanto eu vou contando
A minha alto estima está em baixa
Minha mala está atrás desse balcão
A aliança joguei dentro de um boeiro
E ao invés de mergulhar num brigadeiro
Bebo mesmo pra esquecer essa paixão

Eu quebrei a casa
Dei uma de louca
Bate na cara dele
Rasguei sua roupa
E seu celular com mensagem da amante
Voou pela janela
Avisa a sua mãe
Ao porteiro e o amigo
Se vier atrás
Não me responsabilizo
Bebendo eu acalmo a minha tristeza
Se eu pegar de novo é legítima defesa

Quem pensa que mulher não enche a cara
E que não sabe o que estou passando
Mas senta que a história é longa
Pede um copo e bebe enquanto eu vou contando
A minha alto estima está em baixa
Minha mala está atrás desse balcão
A aliança joguei dentro de um boeiro
E ao invés de mergulhar num brigadeiro
Bebo mesmo pra esquecer essa paixão

Eu quebrei a casa
Dei uma de louca
Bate na cara dele
Rasguei sua roupa
E seu celular com mensagem da amante
Voou pela janela
Avisa a sua mãe
Ao porteiro e o amigo
Se vier atrás
Não me responsabilizo
Bebendo eu acalmo a minha tristeza
Se eu pegar de novo é legítima defesa

Quem pensa que mulher não enche a cara
E que não sabe o que estou passando
Mas senta que a história é longa
Pede um copo e bebe enquanto eu vou contando
A minha alto estima está em baixa
Minha mala está atrás desse balcão
A aliança joguei dentro de um boeiro
E ao invés de mergulhar num brigadeiro…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here